Criando uma forma diferente para ensinar liderança

E se ao invés de ficar ouvindo alguém que acredita ter todas as respostas sobre como ser um bom líder eu pudesse viver várias situações e junto com outras pessoas buscar o mais adequado para minha vida?

Essa foi minha pergunta inicial quando resolvemos criar o treinamento de liderança da Ducovox. Eu que adoro participar de treinamentos estava cansado daquele modelo padrão onde o palestrante fica de pé contando como ele salvou o mundo e o que eu deveria fazer.

Depois de vários meses chegamos a um modelo em que compartilhávamos várias situações do dia a dia e os próprios participantes do curso definiam a melhor forma de agir. O objetivo não era mais dizer o que é certo ou errado, mas sim descobrir o que estava bom e o que não estava para cada um dos participantes. A fórmula nesse caso foi não criar nenhuma fórmula de sucesso. O princípio que adotamos foi buscar mais situações para enriquecer o treinamento ao invés de investir para sermos vistos como gurus.

Hoje começamos mais uma turma, tivemos muitos desafios para encher a sala, principalmente quando você se recusa a usar termos da moda apenas para atrair alunos.

Será que faz sentido essa nossa aposta irreverente? 😉