Alinhando a comunicação interna da sua empresa

“Eu não acredito que a área de vendas prometeu isso!”. “Esse prazo é impossível para entregar essa demanda”. Com certeza você já ouviu essas frases, não é mesmo? E isso é uma péssima notícia.

O desalinhamento na comunicação interna entre quem vende e entrega o produto/serviço é comum, porém um grande erro dentro das empresas. Ainda mais se esse conflito entre as áreas transparece para o cliente, gerando insatisfação.  

Esse desencontro ocorre, geralmente, quando as áreas atuam de forma separada, conversando pouco e deixando para alinhar o que foi vendido apenas após a compra confirmada pelo cliente. Outro fator que acarreta no desalinhamento da comunicação interna é o fato de que, simplesmente, as áreas não se conhecem, ou seja, elas não entendam o dia-a-dia, as responsabilidades e as dificuldades umas da outras.

E como melhorar a comunicação interna?

O primeiro passo para que a comunicação interna da sua empresa melhore é promover a interação entre os colaboradores, fazendo com que eles explorem outros departamentos além dos seus próprios. Uma excelente maneira de fazer isso é realizar encontros e promover cursos dentro da própria empresa que abranjam todas a áreas, como liderança, comunicação e customer experience.

Outro ponto fundamental para o sucesso da comunicação interna é trazer todos para a mesma página, ou seja, deixar muito claro para os colaboradores a identidade da organização, junto com sua visão, missão, valores e claro, objetivos a curto, médio e longo prazo. Aproveite para exemplificar o papel e a importância de cada área no percurso para conquistar esses objetivos.

Em relação ao conflito específico entre o time de vendas e entrega, há um modelo super interessante, chamado “Early Engagement”, que funciona muito bem como um meio de unificar os times de diferentes setores.

Basicamente, ao aplicar esse modelo nos processos internos de venda, as equipes que fazem a entrega ou o desenvolvimento da solução são colocadas para atuar em conjunto ainda durante a fase de pré-venda.

Com isso, a chance de surpresas após a venda diminui bastante, pois as áreas que serão responsáveis pela entrega do projeto já estão previamente alinhadas. O time de desenvolvimento pode, inclusive, intervir durante a negociação comercial caso seja necessário ou antecipar algumas pesquisas ou tarefas que serão relevantes.  

Outro ponto muito interessante no modelo Early Engagement é a oportunidade de observar os desafios da outra área. Isso ajuda a avaliar muito mais do que apenas os objetivos e dificuldades internos de cada departamento, mudando a percepção dos desafios da empresa, ampliando a visão como um todo.

No fim das contas, além de saldos positivos internos para a empresa, o cliente também sairá ganhando ao perceber o alinhamento da comunicação interna desde o início, na fase de vendas, até o final, no momento da entrega.

Gostou do conteúdo? Continue navegando pelo nosso blog e aproveite para conhecer os cursos que a Ducovox oferece. São treinamentos completos ministrados para empresas ou pessoas físicas, de acordo com a necessidade de cada cliente.