Por que acreditar no seu discurso faz toda a diferença?

Muitos de nós não acreditam em si mesmo para falar em público. E não se preocupe pois isso é absolutamente normal! Há um certo momento em nossas vidas em que nos sentimos menos dispostos a cometer erros, e acabamos evitando exposições com medo de prejudicar nossa autoconfiança. Mas aí vem a boa notícia: todo risco pode ser controlado quando se tem segurança e confiança no discurso que está sendo apresentado.

Por que apostar na sua autoconfiança te ajuda a falar em público?

O principal motivo para você confiar em si mesmo enquanto fala em público é o fato de te fazer sentir mais perto do seu público. Tendo mais autoconfiança você mostra empatia e cria laços com quem te ouve. E quando você se põe no lugar do seu público, é muito mais provável que eles se coloquem no seu lugar e passem a respeitar o fato de você se expor na frente de todos para entregar sua mensagem.

Para palestrantes iniciantes – e até mesmo os mais avançados – é sempre muito bom praticar a autoconfiança antes de falar em público. Não é uma receita de bolo, mas com certeza algumas dicas valiosas podem te ajudar a manter a calma e se comunicar bem com seu público durante uma palestra, ou até mesmo em conversas em grandes grupos de desconhecidos. Aqui vão algumas:

1. Aceite que você ficará nervoso

Sim, aceitação é o primeiro passo para construir autoconfiança para falar em público. Antecipando suas emoções, você conseguirá prever os sintomas do nervosismo e transformá-los em energia. O frio na barriga e o coração palpitando acontecem até mesmo com palestrantes com bastante experiência. Por isso, respire e acredite que seu público saiba o que acontece com todos os corajosos que sobem no palco para falar para um número grande de pessoas.

2. Simplifique

A maioria dos palestrantes tenta fazer demais em seus discursos. Pensam em grandes diagramas e diversos dados numéricos sobre um determinado assunto. É muito provável que quanto mais complexo seja o assunto, algo seja deixado de fora. E isso não é nenhum crime.

Não se preocupe em perder o fio da meada e foque em sua ideia central. Hoje em dia é muito comum o palestrante  posteriormente compartilhar os dados de sua apresentação a partir de um documento em PDF enviado por e-mail. Não deixe um pequeno detalhe abalar a sua autoconfiança durante o discurso.

3. Foque em seu público

Algo que é muito comum para palestrantes que se sentem nervosos é focar na preocupação consigo mesmo:

  • “como será que estou me saindo?”
  • “o que estou falando está fazendo sentido?”
  • “será que estão me ouvindo?”

Ao invés disso, tente focar no seu público:

  • “como vocês estão se sentindo?”
  • “vocês entendem?”
  • “vocês me ouvem bem?”

Essas são técnicas simples que podem ser utilizadas até mesmo no dia a dia para melhorar a autoconfiança na hora de falar em público. Basta lembrar que somos todos somos seres humanos, passíveis de erros e também seres capazes de grandes sucessos. Por isso seja gentil consigo mesmo e o resto virá naturalmente.

Você já conhece os cursos da Ducovox focados no desenvolvimento da oratória e autoconfiança para falar em público? Visite nosso site e saiba mais!