Como criar um storytelling para sua apresentação?

Você sabia que as pessoas aprendem e retém conteúdo com mais facilidade quando você apresenta os dados através de uma estória? O storytelling é uma excelente ferramenta para que você consiga prender a atenção de seu público e fazer com que eles se lembrem do conteúdo com mais facilidade.

Mas como contar uma estória de forma eficaz? Seguem algumas dicas para falar melhor em público utilizando storytelling:

1- Use um icebreaker (quebra-gelo)

No blog da ducovox já falamos sobre como prender a atenção de seu público usando um icebreaker e demos algumas dicas de como montar o seu próprio. Um icebreaker – ou quebra-gelo – é uma atividade, jogo ou evento que você programa para aquecer o seu público e prender a sua atenção antes de começar um assunto que pretende falar durante sua palestra.

Ele nada mais é do que um facilitador, para que você consiga aquecer a sua audiência e, com mais probabilidade, garantir que ela foque em você enquanto entrega um conteúdo durante uma palestra ou treinamento.

Para começar a sua estória, invista em criar empatia com seu público contando um acontecimento pessoal relacionado ao tema de sua palestra. Isso pode facilitar para que as pessoas relacionem seus acontecimentos a experiências próprias e consigam fixar o conteúdo com mais facilidade.

2- Encontre personagens para sua estória

Toda estória precisa ter um sujeito que faz ou sofre alguma ação. Todos os fatos são causados por pessoas envolvidas em uma série de eventos. Por exemplo:

  • Os resultados anuais da empresa foram melhores no último ano do que esse ano: resultado do envolvimento de colaboradores que trabalharam duro para fazer acontecer;
  • Aumento repentino das vendas em certa parte do país: resultado da mudança de comportamento do consumidor em um certo lugar;
  • Fluxo de imigração repentinamente diminui entre países europeus: imigrantes deixam menos os países de origem para estabelecer suas vidas nos próprios países.

Independente dos fatos e dados, é importante lembrar que toda causa é influência de agentes (ou personagens) de uma estória. Ilustrar esse componente ao espectador é uma técnica que pode ser muito bem aproveitada pelo palestrante.

3- Apresente uma linha do tempo aos seus espectadores

Independente do objetivo da sua apresentação, seja ela para apresentar uma solução, para promover sua marca pessoal ou produto, é preciso que seus espectadores se envolvam emocionalmente na história e sintam empatia pelo que o conteúdo de sua palestra tenta abordar. Por isso, para que eles consigam lembrar com mais facilidade, apresente um antes, durante e depois.

Comece tratando do desafio que o personagem da sua estória tinha no começo, das tentativas de solução com todos os erros e acertos no meio, e trate do resultado final no fim da palestra. Assim, você conseguirá mostrar com clareza os dados e agentes em uma estrutura de fatos, fixando melhor o conteúdo para o público.

4- Finalize sua apresentação com um “call-to-action”

Você já conseguiu prender a atenção de seu público, e também usar elementos de storytelling para distinguir agentes, desafios, erros, acertos e resultado final. Agora, você com certeza vai querer que o público saiba o que fazer depois de consumir todo esse conteúdo.

Deixe o seu público saber como entrar em contato com você:

  • “Caso queira saber mais sobre como nós na empresa X lidamos com esses desafios no dia-a-dia, entre em contato pelo email@email.com.br
  • “Como você lidaria com esse problema? Fale comigo depois dessa palestra aqui do lado do palco para conversarmos”

Assim, você gerará mais conversas e poderá contar mais estórias legais para seu público, e ter mais conteúdo para seu storytelling!

Continue acompanhando dicas de como falar em público no blog da Ducovox e invista nos nossos cursos!