Vale a pena utilizar o sarcasmo em apresentações?

Você costuma utilizar o sarcasmo nas suas apresentações? Já assistiu alguma palestra ou reunião que alguém fez uso? Qual foi a sua reação?

Há quem acredite que o sarcasmo é ruim. Mas também há um grupo que aposta nessa ideia.

Seja qual for a sua opinião, a reação é bem clara: As pessoas que já concordavam com quem usou o sarcasmo passam a apoiar ainda suas ideias, enquanto aquelas que discordavam, aumentam a rejeição pelas ideias da pessoa que está apresentando.

No conteúdo de hoje, vamos falar mais sobre o uso do sarcasmo em apresentações e reuniões e mostrar que existem muitos benefícios em usá-lo. Leia agora e fique por dentro!

O sarcasmo como estratégia

Antes de mais nada, abra sua mente e tire dela a ideia de que o sarcasmo é algo negativo. Pense no seu uso como uma estratégia para a sua apresentação. Além de torná-la mais atrativa, o sarcasmo faz com que você se diferencie do comum, já que o seu uso ainda é pouco explorado (ou mal explorado).

É claro, assim como qualquer mecanismo para chamar a atenção do seu público, o sarcasmo deve ser aplicado com cautela. O uso exagerado pode fazer com que você pareça ofensivo e arrogante, e não é essa a intenção, correto? Saiba escolher o tipo e o momento do sarcasmo, de acordo com o contexto e audiência.

Uma boa dica é treinar previamente, testando o seu discurso com pessoas que você já conhece. Elas poderão te dizer se a brincadeira está “exagerada” ou aceitável, fazendo sua apresentação se destacar das demais.

Benefícios do sarcasmo

Entrando em um aspecto um pouco mais técnico, um artigo publicado na Scientific American indica alguns dos benefícios do sarcasmos que vão bem de encontro com o que um orador deseja causar na sua audiência quando está fazendo uma apresentação.

  • Criatividade

Usar o sarcasmo aguça a criatividade em ambos os lados, tanto em quem fala, quanto em quem ouve. Isso é maravilhoso, já que dessa forma você envolve o seu público colocando-o dentro do seu discurso.

  • Avaliação

Para quem escuta, o sarcasmo faz com que a mente avalie uma série de aspectos que geralmente são ignorados. Com isso, você foge do monólogo e faz com que a sua audiência de fato reflita sobre o que você está falando. São assim que surgirão perguntas sobre o tema e até mesmo pontos de vistas diferentes do seu, saudáveis para o debate.

  • Preparação

Para quem pretende usar o sarcasmo, a preparação vai muito além e exige mais do que apenas relatar um fato. Como falamos anteriormente, você precisará encontrar os momentos certos para aplicar o sarcasmo de uma forma natural e não ofensiva.

E aí, entendeu ou quer que desenhe?

Sabendo desses fatos, o sarcasmo pode sim ser aplicado como uma estratégia em reuniões e apresentações ao público. No entanto, lembre-se de ter consciência do que está fazendo pois a linha entre a ofensa e o sarcasmo é tênue.

Fique pelo nosso blog e acompanhe mais dicas para falar em público. Confira também nosso próxima turma de oratória em São Paulo.